As atrações do novo Centro de Floripa que você precisa conhecer

Quem torna a visitar o Centro de Florianópolis depois dois ou três anos longe se surpreende positivamente. O chamado “Novo Centro de Floripa” vem passando por mudanças importantes nos últimos anos. São inúmeras ações – parcerias do governo municipal, entidades de classe (comércio, bares, restaurantes e hotéis) e iniciativa privada. Juntas, elas resultam em um lugar mais ativo economicamente, culturalmente, mais limpo e seguro. Hoje, andar pelas ruas do Centro de Floripa é um dos passeios preferidos de muitos visitantes.

E o Faial Prime Suites, do alto da rua Felipe Schmidt, uma das mais famosas da cidade, vem testemunhando tanta inovação. E, mesmo a poucos minutos a pé da efervescência cultural e da vida noturna do chamado “Centro Leste” ou “Centro Antigo”, o Faial mantém um ambiente tranquilo para o descanso dos hóspedes depois de um dia intenso de trabalho ou de passeio. Além da vista para a Baía Norte e as pontes!

Crédito da foto: Cristiano Andujar/Divulgação

[Leia mais: Dicas para arrumar a mala de mão]

NOVO CENTRO DE FLORIPA: O QUE FAZER?

O Centro tem sido escolhido por jovens empreendedores que investem na região, diversificando o comércio e a oferta de produtos e serviços, além de movimentarem a cena cultural e social da cidade.

 

Networking

Para quem vem à cidade a trabalho, uma dica é explorar a programação do recém-inaugurado Acate Downtown. Mantido pela Associação Catarinense de Tecnologia, o espaço une encubadoras de empresas de tecnologia e eventos do setor. Lá também estão um café e pub pensados para reunir as pessoas para um bate-papo descontraído depois de um dia de trabalho ou de uma palestra.

 

Compras

Seguindo uma tendência de grandes cidades, como Nova Iorque e São Paulo, os brechós vêm ganhando espaço. O mesmo acontece com lojas de produção reduzida. Estes atraem consumidores preocupados em comprar de quem faz, diminuindo impactos negativos na cadeia produtiva. Dessa forma, incentivam outras pessoas a mudarem os hábitos e se tornarem mais sustentáveis. Quem quiser conferir, vale um passeio pelas ruas Vidal Ramos, Tenente Silveira e Saldanha Marinho. Também entram nesse roteiro os famosos Centro Comercial ARS e Ceisa Center.

 

Cultura

O Palácio Cruz e Sousa é um dos passeios culturais obrigatórios para quem visita Floripa. Com uma arquitetura deslumbrante e um inusitado sítio arqueológico no jardim (descoberto recentemente, em escavações feitas durante a última reforma). O Palácio é sede do Museu Histórico de Santa Catarina, que conta com acervo permanente de móveis, fotografias, pinturas e documentos. Um verdadeiro testemunho da história de Florianópolis e de Santa Catarina.

O paredão lateral do Palácio ganhou, em junho de 2019, a surpreendente pintura (grafite) do poeta Cruz e Sousa – que dá nome ao lugar. Cruz e Sousa foi um expoente da literatura brasileira, cultuado como grande poeta simbolista em importantes universidades do mundo todo. 

Ao lado da Praça 15, o grafite de Cruz e Sousa já é ponto turístico e encanta quem passa por lá – à noite, ele fica ainda mais bonito! Tão encantador quando o painel do Cisne Negro de Desterro (e a poucos metros de distância), é o recém-inaugurado grafite em homenagem à professora e primeira deputada negra eleita no Brasil, Antonieta de Barros. Ela é um importante nome na luta antirracismo e pelos direitos das mulheres e colocou Florianópolis em destaque na cena política no início do século 20. 

As pinturas fazem parte do projeto Street Art Tour, que reúne artistas catarinenses para homenagear, em forma de painéis gigantes, pessoas importantes para a cidade. O coletivo já havia assinado o colorido e bruxólico grafite em homenagem a Franklin Cascaes (localizado no prédio ao lado da pintura de Antonieta). Frankin foi pesquisador, professor e grande responsável pela divulgação da cultura manezinha.

 

[Leia mais: Café da manhã de Hotel – os diferenciais do Faial Prime Suites]

Comer e beber no Novo Centro de Floripa

Embora o Mercado Público é sempre uma grande referência quando o assunto é gastronomia no Centro de Florianópolis. Porém, hoje é possível dar quase uma volta ao mundo andando a pé por alguns quarteirões. São restaurantes e cafés árabes, mexicano, português, italiano e até russo. Todos se uniram à cozinha açoriana e já caíram no gosto de quem frequenta o Centro.

Na parte mais antiga do Centro, que vem passando por grandes mudanças, uma infinidade de bares agitam a noite entre as ruas João Pinto e Victor Meirelles. Com opções para os mais jovens – que circulam entre o Ateliê 389, o Madalena e o Sirène – e também para quem já não curte ficar em pé nas ruas e prefere sentar e apreciar uma boa bebida enquanto bate papo. 

Se esse é o seu caso, vale conhecer o Franklin, novíssimo bar decorado com fotos de Franklin Cascaes. As imagens são assinadas pelo maior fotógrafo do cotidiano de Floripa, Sérgio Vignes. Também há o Tralharia, um bar-antiquário que reúne gente das artes visuais, do teatro, da literatura e da música da cidade.

Ainda naquela região, vale a pena conhecer o samba de sábado à tarde na Travessa Ratcliff. A festa continua no Quincas Bar, um casarão açoriano onde se apresentam grandes nomes do samba florianopolitano.

Além dessas opções, o Faial Prime Suites conta com um restaurante aberto ao público, com o melhor da culinária internacional. Também temos um bar com ambiente supercharmoso para um drink e uma conversa agradável com os amigos.